Ir para o conteúdo

Dúvidas Frequentes - Sinistro Rural

Banco do Brasil - Sinistro Banco do Brasil Danos

Penhor Rural, Penhor Rural Personalizado, BB Benfeitorias – Máquinas e Equipamentos Agrícolas, Ouro Implementos Agrícolas.

Mostrar tudo

Não. O segurado deve conservar os vestígios e bens remanescentes do sinistro até que a seguradora termine a apuração dos prejuízos. Caso contrário, a seguradora ficará desobrigada de indenizar o prejuízo reclamado.

Havendo necessidade imediata de reparação ou substituição dos bens atingidos pelo sinistro, deve-se solicitar autorização prévia à Seguradora para o início dos trabalhos de reparação/substituição.

No caso de pagamento da indenização integral, a indenização será determinada pelo valor de mercado do bem, apurado na região da propriedade rural segurada na data da liquidação do sinistro e limitado ao Limite Máximo de Indenização especificado na Apólice/Certificado de Seguro.

O valor de mercado será o resultado de cotações de venda ao público de um bem de igual marca, tipo, modelo, acessórios e ano de fabricação na data da liquidação do sinistro.

Na impossibilidade de se avaliar adequadamente o preço de mercado, o bem poderá ser indenizado pelo valor atual, ou seja, pelo valor de novo, deduzido a depreciação pelo uso, idade e estado de conservação.

Caso a máquina ou implemento não esteja disponível no mercado, será utilizado para indenização o valor de bem similar ou equivalente.

Penhor Rural – O pagamento de indenização será sempre feito para o Banco do Brasil, que é o Estipulante da apólice.

BB Benfeitorias – O pagamento será feito para o beneficiário informado no momento da contratação do seguro, por meio de transferência bancária.

Caso não concorde com o parecer final, você pode contatar a Central de Atendimento e solicitar a reabertura do sinistro para reanálise. Simultaneamente, você deve enviar via site uma carta formalizando os motivos de pedido de reanálise (clique aqui para ver o modelo da carta), bem como apresentar novos fatos e/ou documentos caso existam.

Após a reabertura do sinistro para reanálise temos um prazo de 30 dias para informar um parecer final.

BB Seguro Agrícola

Mostrar tudo

Vistoria ou Inspeção Preliminar:

Pode ou não ser realizada, dependendo da época de comunicação do sinistro. O perito verificará a intensidade e possível efeito do evento sobre o bem segurado. Ele também fará, na presença do segurado ou seu representante legal, uma estimativa da data de início de colheita, para fins de agendamento da inspeção final.

OBS: O segurado deve comunicar, com antecedência de no mínimo 15 dias, a data de realização da colheita para o perito (que realizou a vistoria preliminar) e para a seguradora por meio da Central de Atendimento.

Vistoria ou Inspeção Final:

Realizada em caso de constatação de perda total na unidade segurada ou por ocasião da maturação da lavoura em caso de perda parcial (período de colheita). Esta inspeção destina-se à coleta das informações necessárias para que se calcule o percentual de prejuízo efetivamente ocorrido nas lavouras seguradas.

Recomendamos que o segurado acompanhe os trabalhos do perito e forneça as informações sobre a implantação e condução da lavoura para preenchimento do laudo de danos. Caso não seja possível, ele deve indicar uma pessoa responsável que o represente na vistoria.
Desta forma, também é recomendado que o segurado tenha em mãos a proposta de seguro, o croqui da lavoura segurada, o plano de custeio da lavoura, as notas fiscais dos insumos e se possuir, as anotações de data de plantio e dos manejos realizados.         

Caso o segurado discorde da avaliação realizada pelo perito, deverá manifestar no próprio laudo o motivo da discordância além de solicitar nova vistoria por meio da Central de Atendimento. A seguradora enviará outro técnico para avaliação.

Se, após 48 horas da comunicação do conteúdo do laudo de danos final, o segurado ou seu representante não assinar o referido laudo, ficará entendido que aceita integralmente o seu conteúdo.

Em caso de discordância, o segurado não pode realizar a colheita da lavoura segurada.

Um sinistro agrícola será considerado indenizável se decorrente de um ou mais riscos cobertos, a produtividade obtida (definida em laudo de vistoria de danos elaborado por perito), for inferior a produtividade segurada estipulada na apólice de seguro, e, além disso, o segurado tenha cumprido todas as obrigações dispostas nas Condições Gerais do BB Seguro Agrícola.

A caracterização de perda total se fará por parecer do perito no laudo final de danos e quando este caracterizar que não haverá possibilidade de colheita na lavoura. Implicará na destruição completa da lavoura sinistrada pelo segurado.

A comprovação da destruição completa da lavoura por parte do segurado estará sujeita a nova vistoria pela seguradora.

BB Seguro Agrícola Faturamento

Mostrar tudo

Vistoria ou Inspeção Preliminar:

Pode ou não ser realizada, dependendo da época de comunicação do sinistro. O perito verificará a intensidade e possível efeito do evento sobre o bem segurado. Ele também fará, na presença do segurado ou seu representante legal, uma estimativa da data de início de colheita, para fins de agendamento da inspeção final.

OBS: O segurado deve comunicar, com antecedência de no mínimo 15 dias, a data de realização da colheita para o perito (que realizou a vistoria preliminar) e para a seguradora por meio da Central de Atendimento.

Vistoria ou Inspeção Final:

Realizada em caso de constatação de perda total na unidade segurada ou por ocasião da maturação da lavoura em caso de perda parcial (período de colheita). Esta inspeção destina-se à coleta das informações necessárias para que se calcule o percentual de prejuízo efetivamente ocorrido nas lavouras seguradas.

Recomendamos que o segurado acompanhe os trabalhos do perito e forneça as informações sobre a implantação e condução da lavoura para preenchimento do laudo de danos. Caso não seja possível, ele deve indicar uma pessoa responsável que o represente na vistoria.
Desta forma, também é recomendado que o segurado tenha em mãos a proposta de seguro, o croqui da lavoura segurada, o plano de custeio da lavoura, as notas fiscais dos insumos e se possuir, as anotações de data de plantio e dos manejos realizados.         

Caso o segurado discorde da avaliação realizada pelo perito, deverá manifestar no próprio laudo o motivo da discordância além de solicitar nova vistoria por meio da Central de Atendimento. A seguradora enviará outro técnico para avaliação.

Se, após 48 horas da comunicação do conteúdo do laudo de danos final, o segurado ou seu representante não assinar o referido laudo, ficará entendido que aceita integralmente o seu conteúdo.

Em caso de discordância, o segurado não pode realizar a colheita da lavoura segurada.

Para ser considerado “sinistro indenizável”, o evento causador do prejuízo deverá se enquadrar dentro dos riscos cobertos, o Faturamento Obtido na área segurada deverá ser inferior ao Faturamento Garantido estipulado na Apólice e, além disso, o segurado deverá ter cumprido com todas as obrigações dispostas nas Condições Gerais do BB Seguro Agrícola Faturamento.

O Faturamento Obtido é calculado por meio da multiplicação da Área total segurada (ha), pela Produtividade Obtida (sacas/ha) e pelo Preço de Colheita (R$).
Faturamento Obtido = Área Segurada (ha) x Prod. Obtida (sacas/ha) x Preço de Colheita (R$)
Observação: a área segurada pode ser ajustada caso seja verificado a ocorrência de riscos excluídos (previstos nas Condições Gerais do BB Seguro Agrícola Faturamento).

Considera-se uma perda total quando a produtividade obtida for inferior a 20% (vinte por cento) da produtividade esperada definida na apólice/certificado de seguro.
A perda total deverá ser comprovada mediante a destruição completa da lavoura sinistrada, com autorização prévia expressa do perito, no laudo de inspeção final, não havendo a possibilidade de colheita na área.
A comprovação da destruição completa da lavora estará sujeita a nova vistoria.

BB Seguro Floresta

Mostrar tudo

Vistoria ou Inspeção Preliminar:

Esta inspeção destina-se a uma verificação inicial dos efeitos do evento sobre o bem segurado, quando não há como quantificar os prejuízos, podendo ou não ser realizada, a critério da seguradora.

Vistoria ou Inspeção Final:

Esta inspeção destina-se à coleta das informações necessárias para que a seguradora calcule o percentual de prejuízos efetivamente ocorridos na área segurada.;

Recomendamos que o segurado acompanhe os trabalhos do perito e forneça as informações sobre a implantação e condução da floresta para preenchimento do laudo de danos. Caso não seja possível, ele deve indicar uma pessoa responsável que o represente na vistoria.

Desta forma, também é recomendado que o segurado tenha em mãos a proposta de seguro, o croqui da floresta segurada, o plano de custeio da lavoura, as notas fiscais dos insumos e se possuir, as anotações dos manejos realizados.

Caso o segurado discorde da avaliação, deve manifestar no próprio laudo o motivo da discordância e contatar a Central de Atendimento para solicitar uma nova vistoria. Nesse caso, será enviado outro técnico para realizar uma nova avaliação.

A manifestação sobre a discordância da avaliação deve ser feita no momento da vistoria. No caso da ausência de assinatura do laudo, após 48 horas, ficará entendido que o segurado (ou seu representante) aceita integralmente o seu conteúdo.

Um sinistro florestal será considerado indenizável se decorrente de um ou mais riscos cobertos e quando o resultado da aplicação do percentual de perda (auferida em laudo de danos elaborado por perito) ao LMI supere o valor da Franquia. Além disso, o segurado deve cumprir todas as obrigações dispostas nas Condições Gerais do BB Seguro Floresta.

Caracteriza-se quando os prejuízos decorrentes de eventos cobertos pelo seguro não mais justificarem interesses econômicos, sendo obrigatória a eliminação da floresta segurada na respectiva área sinistrada. O perito será o responsável por determinar, durante a vistoria, se houve ou não perda total na floresta segurada.

OBS: Reinspeções: em casos de perda total e/ou quantas vezes a seguradora achar necessário.

Voltar ao topo