Ir para o conteúdo

Casos de Incêndio

Família na sala

O Banco do Brasil Seguros produziu este material para ajudar você a entender melhor o seguro residencial, além de oferecer dicas práticas de como prevenir riscos em sua casa. Com a adoção de algumas medidas simples você pode reduzir as chances de danos e prejuízos e ainda contribuir para o meio ambiente!

As informações apresentadas neste documento referem-se às coberturas e assistências que podem ser contratadas nos produtos de seguro residencial. Verifique sempre na sua apólice as coberturas e exclusões de seu seguro e, em caso de dúvidas, consulte seu corretor ou os nossos canais de atendimento.

COMO PREVENIR E O QUE FAZER EM CASO DE INCÊNDIOS

Algumas causas de incêndio são conhecidas e de fácil prevenção, como panelas esquecidas no fogo, curto-circuito, queima de fusíveis e disjuntores, por exemplo. Entre os principais motivos de incêndios residenciais estão descargas elétricas ou atmosféricas, sobrecarga nas instalações elétricas ou falhas humanas, por descuido, desconhecimento ou irresponsabilidade.

Medidas de prevenção a incêndios são importantes não apenas para salvaguardar bens e proteger o seu patrimônio, mas também para salvar vidas!

Caso haja suspeita de vazamentos ou na ocorrência de um incêndio, não esqueça de:
• Fechar o registro e a saída de gás.
• Retirar todos os materiais inflamáveis e/ou combustíveis próximos das saídas de gás ou do fogo.
• Caso haja um botijão próximo, verificar a possibilidade de retirá-lo do local antes que o fogo o atinja.
• Havendo sinais de fogo, entrar imediatamente em contato com o corpo de bombeiros pelo telefone 193.


É BOM PARA VOCÊ, É BOM PARA O MEIO AMBIENTE E AINDA PREVINE INCÊNDIOS E DESPERDÍCIOS!

RESÍDUOS
Evite o acúmulo de lixo em locais não apropriados. Em contato com faíscas, o material pode causar incêndio. Armazene o lixo em locais e embalagens adequados até o dia e horário certos para seu recolhimento. Além de reduzir riscos, você evita contaminações e a poluição do solo e da água no entorno da sua residência. Além dos cuidados com o armazenamento, lembre-se sempre de separar resíduos recicláveis. Esta prática ajuda a reduzir o volume de descartes em aterros e lixões, além de diminuir bastante o desperdício de materiais.

EFICIÊNCIA DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS
Geladeiras e outros utensílios domésticos mais antigos, além de consumirem mais energia, podem estar com as instalações, fios e contatos desgastados, o que aumenta o risco de curto-circuito e incêndio. Verifique e, se necessário, substitua aparelhos elétricos por versões mais eficientes e seguras. Você e sua família correm menos risco, economizam e contribuem para a preservação do meio ambiente.

Sobre a incidência de raios
Raios são uma preocupação constante entre os clientes que buscam o seguro residencial. Quando um raio atinge um condomínio ou residência, ou mesmo se atinge a rede elétrica nas proximidades, a descarga elétrica provocada é muito intensa e bastante superior ao que aparelhos e utensílios domésticos podem suportar.

Em casos mais severos, é possível até que haja danos graves na fiação do imóvel. Essa descarga pode percorrer grandes distâncias pela fiação, danificando a parte elétrica e os aparelhos ligados na tomada no momento da descarga de energia.

A melhor alternativa para se proteger contra os danos causados por raios é o aterramento da fiação elétrica. Esta prática é obrigatória no Brasil e vale a pena verificar se sua residência está regular! Com a instalação de um cabo de cobre no solo, descargas atmosféricas são direcionadas e facilitam o funcionamento de outros dispositivos de proteção contra danos elétricos, como os disjuntores.

O DPS (Dispositivo de Proteção contra Surtos) é outro equipamento importante para a proteção de bens e residências em caso de incidência de raios. O aparelho auxilia na proteção de equipamentos eletrônicos contra picos de energia. Ele se parece com um disjuntor e sua instalação também ocorre de maneira quase idêntica. Há dois tipos básicos de DPS: geral e individual. O DPS de uso geral, normalmente é colocado próximo à caixa de distribuição de energia da casa. Já o DPS individual é colocado unicamente em uma tomada.

Voltar ao topo