Ir para o conteúdo

Vai pegar estrada? Saiba como garantir uma viagem segura

Os cuidados para quem vai viajar nesse feriado de Carnaval vão além da manutenção preventiva do veículo. O check-up dos pneus, óleo, água e motor é o primeiro passo, mas, antes de sair de casa, também é preciso verificar detalhes do seguro, do armazenamento da bagagem e se os itens de segurança do carro estão em dia. “A quilometragem máxima para remoção do veículo, que está prevista na apólice, é um detalhe relevante. Se o trajeto da viagem for maior que o previsto em contrato, solicite à seguradora o cálculo para a extensão do serviço. Dessa forma, é possível comparar custos e escolher o que for mais econômico”, alerta Jabis Alexandre, diretor de Automóvel e Massificados do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE. Quem vai viajar com a família também deve verificar a quantidade de malas e como tudo será transportado.

A bagagem deve ser levada no porta-malas e não pode obstruir a visão do retrovisor interno. Quando estiver na estrada, o cinto de segurança é indispensável. Fique atento e sempre peça para que todos os passageiros usem o item, mesmo quando estiverem no banco de trás. Outra dica importante é acender o farol baixo nas rodovias federais durante o dia. O descumprimento da legislação é infração média, prevê multa de R$ 130,16 e registro de quatro pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Alexandre também comenta que “muitas ocorrências podem ser evitadas ao tomar cuidados como manter uma distância segura do carro à frente e só ultrapassar quando for permitido”. E quando o veículo quebra na estrada? Nem sempre é possível evitar que problemas ocorram.

Nesses casos, o primeiro passo é manter a calma. Em seguida, procure levar o automóvel para o acostamento ou algum ponto recuado, ligue o pisca-alerta, sinalize com o triângulo para alertar os demais motoristas da via (cheque as condições do equipamento antes de sair de casa) e acione a seguradora ou a concessionária da rodovia. É imprescindível que o motorista e todos os passageiros aguardem o atendimento em local seguro no acostamento e não dentro do carro, evitando acidentes em caso de colisão. “É comum recebermos ligações com dúvidas sobre o que fazer. Contamos com uma equipe especializada e preparada para orientar em momentos de alta carga emocional , como esses”, explica o especialista. Uma opção que vem sendo muito utilizada é o aplicativo das marcas Banco do Brasil Seguros e MAPFRE Seguros. Em poucos cliques, o cliente aciona o serviço de guincho, chaveiro e até táxi, garantindo a segurança dos ocupantes e a rápida resolução do imprevisto.

Voltar ao topo