Ir para o conteúdo

GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE sedia encontro sobre a inserção de refugiados no mercado de trabalho

Debater estratégias e ações de inserção de refugiados e estrangeiros no mercado de trabalho foi o objetivo do encontro que aconteceu hoje, (07/12), na sede do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE, em São Paulo (SP).

Mais de 100 profissionais da área de Gestão de Pessoas de empresas do setor privado e convidados estiveram presentes ao lançamento do “Programa de Inclusão de Refugiados, Como Meio de Integrá-los à Sociedade”, realizado pelo Grupo Mulheres do Brasil – organização sem fins lucrativos e apartidária, criada em 2013 por mulheres líderes dos mais diversos segmentos profissionais para promover o reconhecimento e o protagonismo feminino na sociedade.

Na abertura, Cynthia Betti, diretora de RH do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE e anfitriã do evento, apresentou as iniciativas do GRUPO em torno do tema, a exemplo do “Conselho de Diversidade”, que busca promover a igualdade e contribuir para a construção de uma cultura de respeito às diferenças. O programa tem como pilares a Inclusão de Pessoas com Deficiência, Gênero, Gerações, Etnias, LGBT e Socioeconômico e teve como primeira ação a assinatura do “Manifesto do Fórum de Empresas e Direitos LGBT”, de apoio à diversidade sexual, em junho deste ano.

“Sentimo-nos honrados por sediar esse importante debate e fomentar o tema da diversidade entre os profissionais que já estão iniciando um movimento de mudança no mercado de trabalho e na sociedade. Ainda temos um grande caminho para avançar, por isso, o diálogo é fundamental”, afirmou.

Os presidentes do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE e Luiza Helena Trajano, presidente da rede de varejo Magazine Luiza, também presentes ao evento, reconheceram a iniciativa como “fundamental” para o entendimento das necessidades dos estrangeiros.

“O que nos diferencia é contribuirmos com a sociedade, retribuindo o que ela nos oferece por meio de iniciativas como esta”, afirmou Roberto Barroso, presidente da companhia para as áreas de pessoas, rural e habitacional.

Na visão da executiva da rede Magazine Luiza, iniciativas em prol da valorização da diversidade são essenciais para o crescimento da organização e mostram a preocupação com as pessoas, que são o seu ativo mais importante. “É necessária uma mudança de comportamento para aumentar o nível de consciência. Empresas se distinguirão pelo atendimento e inovação e, para isso, devem investir nas pessoas”.

Os convidados também puderam conhecer o trabalho do PARR (Programa de Apoio para Recolocação dos Refugiados), da ACNUR (Agência Nacional de Refugiados) e da Caritas São Paulo (entidade ligada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB), além de cases sobre a contratação de profissionais refugiados, a exemplo da Sodexo. A prestadora de serviços de alimentação e benefícios francesa conta com 23 pessoas refugiadas contratadas no Brasil, segundo Marcelo Vitoriano, responsável pelo setor de Recursos Humanos, Diversidade e Inclusão da companhia.

Realidade brasileira

Segundo ados da ACNUR, a cidade de São Paulo recebe 40% das solicitações de refúgio no Brasil. Em seguida, vêm os Estados do Acre (16%), Rio Grande do Sul (11%) e Paraná (7,5%). Em 2014, 5.136 pessoas pediram refúgio ao Estado paulista. Os nigerianos correspondem à maioria dos solicitantes seguidos de sírios, congoleses (República Democrática do Congo), libaneses e ganeses.

“Nosso papel é sensibilizar o setor privado de que ele pode mostrar uma contribuição efetiva em prol dos refugiados, seja por meio de contratações, doações, capacitações ou mesmo financiando entidades que atuam nesta causa”, afirma Isabela Mazão, chefe do escritório da ACNUR em São Paulo. “As pessoas refugiadas têm talentos, conhecimentos e formação capacitada como qualquer outro grupo aleatório, sendo necessário que o setor privado se atente a este fato e ofereça mais possibilidades de empregar refugiados notadamente qualificados, comprometidos e dedicados.”

OGRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE é parceiro do Grupo Mulheres do Brasil e se prepara para a abertura de novas vagas e contratação de profissionais refugiados em 2017.

Link para baixar as imagens em alta: https://www.sendspace.com/filegroup/VnMgoyqRoGHdZx52MabwtA

Sobre o GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE
Resultado da união estratégica entre o Banco do Brasil e a MAPFRE Seguros, o GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE conta com mais de 6 mil colaboradores, mais de 65 mil pontos de venda, incluindo corretores e agências bancárias. Possui um dos mais amplos portfólios de produtos do mercado, além de unidades de negócios especializadas, presença territorial abrangente e distribuição multicanal.

Voltar ao topo