Ir para o conteúdo

Notícias

Agricultura de Precisão como técnica que abrange todo o processo produtivo

Ter informação em abundância e poder utilizar as mais variadas tecnologias na hora de produzir podem confundir a cabeça do produtor.  O mesmo raciocínio vale para a Agricultura de Precisão (AP), onde uma extensa gama de tecnologias e ferramentas podem ser aplicadas de maneira combinada em diversos momentos do ciclo de produção.

O engenheiro agrônomo da Via Verde Consultoria, Victor Monseff, acredita que uma tendência na Agricultura de Precisão é tratá-la como uma técnica completa e estratégica, unindo a utilização das diversas ferramentas a fim de se conseguir melhores resultados. “Uma coisa que me chama a atenção no Brasil é que, ao contrário de outros países, muitas vezes a AP acaba se concentrando somente na obtenção dos mapas de fertilidade de solo. É realizada a amostragem e a análise do solo, além da elaboração do mapa, porém, na maioria dos casos, os produtores não sabem muito bem como aplicar aquilo”, destaca. E complementa: “O produtor deve procurar fazer o melhor uso das ferramentas disponíveis para que possa obter êxito em sua atividade, e não somente fazer por fazer, por ser uma moda, mas entender de que maneira cada tecnologia pode contribuir nos vários estágios de implantação e desenvolvimento de uma lavoura”.  Dessa maneira, segundo Victor, a implementação da AP será mais efetiva e os resultados obtidos por meio da técnica serão mais fáceis de serem reconhecidos.

Além disso, é preciso que as ferramentas empregadas dentro da Agricultura de Precisão contemplem todas as etapas do ciclo de produção, para que o produtor possa mensurar o quanto as suas ações estão sendo efetivas e, assim, realizar os devidos ajustes, caso necessário. 

Voltar ao topo